Log in

Vinícola Góes homenageia patriarca com vinho Premium

Empresa lança produto inédito: um vinho branco licoroso que passou oito anos em barricas de carvalho francês e americano

Depois de quase seis décadas, a Vinícola Góes faz uma releitura da sua própria história com o lançamento do vinho GUMERCINDO DE GÓES, o homem responsável pelo primeiro envase de um vinho branco licoroso na empresa em 1963. Da safra original restam pouquíssimas garrafas, guardadas com cuidado e carinho pela família.

A produção comercial de vinhos pelos Góes começou há mais de 80 anos, com a diversificação dos negócios da família, descendentes de portugueses e produtores rurais da cidade de São Roque (SP). Mas é pelas mãos de Gumercindo que a Vinícola Góes toma protagonismo nessa longa história. O novo vinho é uma homenagem de seus filhos, netos e bisnetos a esse legado.

Feito com uvas BRS Lorena (um cruzamento das variedades Malvasia Bianca e Seyval, criado pela EMBRAPA - RS) cultivadas nas terras da empresa, em São Roque, o vinho licoroso é resultante dos frutos colhidos na safra de 2011, fermentado e fortificado com destilado da própria uva que permaneceu por oito anos em barricas de carvalho francês e americano de 4º, 5º e 6º uso. O teor alcóolico final é de 18%.

"Desde antes de seu lançamento oficial esse vinho já nos alegra, pois foi premiado com Medalha de Bronze no concurso de vinhos mais importante do mundo, o Decanter World Wines Awards 2021, realizado em Londres", conta o enólogo Fábio Góes, da quarta geração da família e o criador do vinho. “Tudo isso é possível graças ao amor que temos pela terra, o respeito a nossa história, o investimento em tecnologia e inovação, o trabalho cuidadoso com as variedades de uvas e, sem dúvida, a proximidade com nossos clientes”, completa o enólogo.

O vinho licoroso GUMERCINDO DE GÓES se junta ao portfólio da vinicola, que a cada ano vem se dedicando mais a revelar a melhor expressão do terroir paulista, já comprovada com os também premiados Philosophia Cabernet Franc e o Tempos de Góes Reserva Sauvignon Blanc.

Fortificado
Os vinhos fortificados (licorosos, como são conhecidos no Brasil) formam uma categoria de produtos cuja principal característica é a adição do destilado vínico – feito das próprias uvas - para interromper a fermentação e assim conservar parte do açúcar natural da fruta, obtendo um vinho doce, forte e concentrado.

De acordo com a legislação brasileira, os vinhos licorosos podem ter entre 14 e 18 graus de álcool, o que os diferencia dos vinhos tranquilos e espumantes em geral, que não podem ultrapassar os 14 graus. Vale destacar que a fortificação não apenas aumenta a graduação alcoólica como também favorece uma série de alterações sensoriais ao produto, reforçadas pelo amadurecimento prolongado em barricas, obtendo assim vinhos doces com texturas espessas e sabores robustos.
Vinhos licorosos/fortificados são uma ótima opção para a expansão do paladar e para a busca de novas experiências.

Branco Licoroso Gumercindo de Góes
O branco licoroso GUMERCINDO DE GÓES tem aspecto límpido e brilhante, com intensa coloração âmbar e reflexos dourados.
No aroma destacam-se as uvas passas, mel, amêndoas adoçadas, especiarias (cravo e canela) e tabaco, resultando um bouquet elegante.
No paladar tem grande estrutura, com acidez equilibrada, notável complexidade e final longo.

Sua harmonização é versátil, desde as entradas com queijos gorgonzola e roquefort, azeitonas (patê ou em conserva) e petiscos com mel e pimenta vermelha, além das bruschetas ou canapés. Ideal também para acompanhar sobremesas, como os doces que levam castanhas (nozes, amêndoas, castanha do Pará ou de caju), com frutas secas como damascos e figos e também com chocolate meio amargo.
 
Sobre a empresa:
A Vitivinícola Góes é uma empresa familiar, 100% brasileira, com sede na cidade de São Roque, estado de São Paulo, Brasil. A empresa possui vinhedos próprios, modernas e tecnológicas instalações de processamento, produção, engarrafamento de bebidas e de envase para latas. A linha de produtos inclui vinhos, espumantes, frisantes, bebidas mistas e sucos. Os vinhos finos Góes, produzidos com uvas paulistas, vêm sendo premiados nacional e internacionalmente. A marca Góes é destaque entre consumidores e uma das líderes de mercado no varejo (de acordo com a Nielsen) e Top of Mind (registrado pela Revista Supermercado Moderno) no estado de São Paulo. O complexo enoturístico (localizado junto da sede da empresa) faz parte do Roteiro do Vinho da cidade de São Roque e oferece uma boa infraestrutura, com atendimento altamente capacitado. Para mais informações sobre os atrativos turísticos, visite as redes sociais da empresa no Facebook e Instagram (@vinicolagoes). 


Empório Wine Shop investe em salões de beleza com degustação de vinhos

Elizama Oliveira e Adriana Salvestro investem em projeto que alia bem-estar e experiências de degustação da bebida

Desde o início da pandemia muitas indústrias tiveram prejuízo e passaram por momentos ruins. No entanto, outras cresceram exponencialmente durante o período. Entre os setores que tiveram aumento nos ganhos estão, por exemplo, as lojas on-line e também os salões de beleza. Outro campo que ganhou mais espaço foi a venda de vinhos e outras bebidas alcóolicas. 

Mesmo com a quarentena, muitas pessoas passaram a se cuidar mais, especialmente as mulheres. Pensando nisso, a fundadora e sommelière do e-commerce de vinhos Empório Wine Shop, Elizama Oliveira criou uma nova modalidade de negócio que une o setor da beleza com o de vinhos: salões de beleza que oferecem taças de vinhos avulsas e degustações.

Ela conta que a ideia surgiu a partir de uma visita em um condomínio para conduzir experiências de degustação com moradores. “Percebemos que as pessoas estão consumindo mais vinhos e se cuidando mais durante a pandemia. Por isso, decidimos investir em salões e clínicas de estética que trazem também as bebidas para consumo no local”, explica.

Oferecer um serviço de excelência para o público é algo fundamental atualmente. Por isso, a sommèliere acredita que este modelo de negócio pode ser considerado uma tendência, uma vez que mulheres e homens vão ao salão para se arrumar e relaxar. “Com os vinhos e degustações trazemos um toque de glamour e elegância. Dessa forma, a cliente ficará satisfeita com os dois serviços”, ressalta.

Além dos tradicionais tintos e brancos, o local também oferece diversos outros tipos de vinhos, como os rosés e os especiais: vinho azul e espumante com flocos de ouro. Os valores de taças começam em R$ 25,00 e os mais vendidos são os espumantes e rosés.

O Wine Shop tem o objetivo de aumentar a presença do vinho entre as mulheres e a estratégia vem trazendo bons resultados, porque a ideia já está em processo para ser patenteada. “As clientes ficam encantadas com o espaço de degustações por ser um diferencial e algumas delas retornam semanalmente para se embelezar e aproveitar as bebidas”, finaliza sommelière.

Adriana Salvestro, sócia de Elizama, também é apreciadora de vinhos e todos os tipos de eventos relacionados a este universo. “Com a pandemia em 2020, vi a oportunidade de vender vinhos, já que todos os estabelecimentos fecharam, então comecei a vender por delivery utilizando WhatsApp e Instagram. Um ano depois comecei curso de Sommelier quando conheci a Eli. Durante uma conversa, identificamos que criar a oportunidade de aliar a degustação da bebida com espaços de beleza, seria maravilhoso e assim ficamos sócias. E agora estamos juntas desenvolvendo e praticando essa nova modalidade”, comemora.

O primeiro espaço a contar com a novidade foi um salão no bairro do Brooklin, que conta com o conceito Rafael  De La Lastra. “Estamos otimistas e a ideia é expandir para outras unidades”, conclui Adriana.

Rafael de la Lastra, que há mais de 20 anos vem disseminando conhecimento e tendências do segmento de beleza entre os profissionais da área, destaca que essa proposta remete aos velhos tempos em que era glamoroso ir ao salão. “Antigamente, era normal beber um champanhe ou taça de vinho durante esses momentos, inclusive uma ‘Mimosa’ (tipo de coquetel) na parte da manhã, principalmente aos sábados”, recorda.

A proposta mistura um agrado para a cliente e uma nova oportunidade de negócios para os centros de beleza e bem-estar. Além disso, o ambiente combina muito com as pessoas que apreciam vinhos e espumantes. “Estamos apostando nisso. Nossa empresa é a primeira que temos notícia com foco em salões de beleza. O Brasil é um dos países que mais cresce no consumo de vinhos no mundo”, ressalta Rafael.

Apesar da vida mais corrida dos dias de hoje, a visita ao salão é uma das poucas oportunidades que as mulheres têm para desacelerar. “Trata-se de um momento perfeito para relaxar e degustar um bom vinho. No fim das contas, o vinho pode ser uma peça central na hora de conversar com amigos e cuidar da sua beleza”, conclui Elizama.

Para saber mais sobre o Wine Shop, acesse pelo Instagram @wineshoop ou pelo www.emporiowineshop.com.br

Wine comemora o mês da Independência do Brasil com rótulos brasileiros de destaque

Para mostrar que o nosso país tem vinhos incríveis produzidos aqui, a Sommelière Marina Bufarah fez uma seleção especial. Confira

 
Mesmo em meio ao cenário de incertezas causado pela pandemia, o crescimento significativo no consumo de vinhos, a alta do câmbio e a boa safra melhorando a competitividade do vinho brasileiro, o nosso país vem desenvolvendo sua vitivinicultura e com isso diversificando sua oferta, buscando atender cada dia mais o consumidor em termos de qualidade e preço. 

Para comemorar o mês da Independência do Brasil, celebrado em 07 de setembro, e para mostrar que o nosso país tem vinhos incríveis produzidos em solo nacional, a Wine – maior clube de assinatura de vinhos do mundo – destaca algumas linhas e rótulos brasileiros para ajudar na escolha. 

Segundo Marina Bufarah, Sommelière da Wine, uma das tendências no mercado tem sido o vinho em lata. “Com um conceito desenvolvido para um público mais jovem e para ocasiões em que o vidro não é bem-vindo, como em praias, piscinas, parques e feiras, essa proposta tem ganhado cada vez mais apreciadores que reconhecem a qualidade dos produtos oferecidos em uma embalagem alternativa”, explica a especialista. 

Miolo, vinícola com o maior portfólio de vinhos finos do Brasil, trouxe toda sua tradição e expertise na linha de vinhos em lata Somm, que conta com 3 blends, nas versões tinto, branco e rosé, e um frisante de Moscatel, elaborados na Serra Gaúcha. Outro vinho em lata que tem feito muito sucesso é a linha Arya, produzida pela vinícola Estrelas do Brasil, nas versões espumante, branco, rosé e tinto. O sucesso nas vendas fez com que ambos investissem na produção de novas safras dos produtos. 

“Além da facilidade e segurança no transporte serem inquestionáveis, o vinho em lata vem em medidas menores, porções individuais, que são mais fáceis de gelar, mais práticas de abrir e mais sustentáveis. Por essas e outras vantagens, produtores e profissionais conceituados têm investido nas latas de alumínio”, diz Marina. 

Outra surpresa bastante positiva em se tratando de vinhos brasileiros têm sido os vinhos elaborados com a uva Marselan. Desenvolvida em 1961 pelo pesquisador Paul Truel, perto da cidade francesa de Marselha, a uva é um cruzamento da Cabernet Sauvignon e da Grenache Noir. Com coloração intensa e aromas que lembram frutas vermelhas frescas e cacau, a Marselan começou a ser cultivada no Brasil a partir de 2003 e, hoje, já está presente nas principais regiões vitivinícolas do país, como Serra Gaúcha, Santa Catarina e Campanha Gaúcha, a mais nova Indicação de Procedência (I.P.) do país.
 
Salton Campanha Marselan Tannat, propõe potencializar a expressão da jovialidade da Marselan, que compõe 76% do blend, complementado pela Tannat, que amadurece por 15 meses em barricas de carvalho francês. O resultado é um vinho potente e elegante, com notas de frutas negras em compota, violetas e especiarias, taninos macios e agradável persistência. 

O primeiro semestre de 2021 apresentou um crescimento de 4% no abastecimento do mercado de vinhos, sendo impulsionado pela comercialização de vinhos finos brasileiros e também pelas importações, de acordo com dados da Ideal Consulting. “Nesse cenário, notamos os consumidores compreendendo cada vez mais que o vinho não precisa de uma ocasião especial e que ele pode ser a bebida do dia a dia para acompanhar refeições triviais e momentos de descontração”, afirma a Sommelière da Wine. 

Neste cenário, o digital teve um papel fundamental na aproximação de consumidores e vinhos. “O Brasil forma a terceira maior base de consumidores online do mundo, segundo informações da  Wine Intelligence, e com a retomada de bares, restaurantes e hotéis, a omnicanalidade torna-se ainda mais importante para atender de forma completa o consumidor onde ele estiver”, completa Marina. 

Confira alguns rótulos de vinhos nacionais das linhas citadas acima: 
https://www.wine.com.br/vinhos/salton-campanha-marselan-tannat-2016/prod22613.html
https://www.wine.com.br/vinhos/somm-branco-lata-269-ml/prod26125.html
https://www.wine.com.br/vinhos/arya-tinto-2020-lata-269-ml/prod25966.html
 
 
SOBRE A WINE
A Wine foi fundada em 2008, com a missão de conectar pessoas por meio da paixão pelo vinho. A empresa, que já nasceu online há 13 anos, ousou investir em vinho no país da cerveja e, hoje, é o maior clube de assinatura de vinhos do mundo. 

Além do Clube Wine, do e-commerce www.wine.com.br e do app Wine Vinhos, disponível para download na App Store e Google Play, a empresa possui atualmente treze lojas físicas: três em São Paulo, duas no Rio de Janeiro e outras oito em Fortaleza, Goiânia, Campinas, Recife, Belo Horizonte, Curitiba, Vitória e Porto Alegre. 

Com a aquisição da Cantu Importadora, em 2021, a Wine se consolida como um player de peso no canal B2B que engloba off-trade (hipermercados, supermercados, minimercados, hortifrutis e, mercearias) e on-trade (bares, restaurantes, casas noturnas, clubes e hotéis) e segue no caminho da omni canalidade.

Vinícola Julia Kemper Wines lança novos vinhos no Brasil

Produzidos em Dão, imprimem a evolução dos biodinâmicos e orgânicos do terroir considerado a Borgonha portuguesa

Uma boa notícia para os amantes de vinho: a vinícola Julia Kemper Wines, uma das mais prestigiadas do mundo, está com novos lançamentos no Brasil. Produzidos no Dão, em Portugal, todos são orgânicos, biodinâmicos e aromáticos (veja detalhes abaixo). Há opções para harmonizar com peixes, frutos do mar, carnes, pratos leves, molhos e muito mais. Os preços são promocionais de lançamento e com descontos gradativos de 5% a 15%. 
A importadora Caves Santa Cruz é responsável por trazer os rótulos ao mercado brasileiro. “Nesta nova leva ficamos ainda mais orgulhosos de tê-la em nosso portfólio. Apesar do aumento do consumo de vinho, o cenário de pandemia é sempre incerto para quem ainda é um pequeno/médio empreendedor. Tendo isso em conta, para nós é uma grande superação ter levado cada vez mais os vinhos orgânicos da Julia para a casa do consumidor e ter aberto espaço em nosso catálogo para mais três exemplares desse trabalho magnífico que ela faz e dessa filosofia de agricultura biodinâmica que adota”, diz Anna Cruz, da Caves Santa Cruz.

Confira os lançamentos:
 
Julia Kemper Wines Elpenor Biodinâmico Rosé DOC 2019 (entre R$155,41 a R$182,84). Produzido com a uva touriga nacional é um rosé expressivo de vinhas que datam de 2003 em condução Royat & Guyot, com densidade de 4.000 plantas por hectare. Notas de chá preto, toques florais e lichia que se estendem por um bom tempo. Vai bem com pratos leves, peixes e frutos do mar ou somente puro nos dias ensolarados do Brasil. Ele levou 91 pontos por Robert Parker - Mark Squires.
 
Julia Kemper Vinhas Selecionadas Blanc de Noir Biodinâmico DOC 2018 (entre R$152,92 a R$170,9). Feito com a casta tinta roriz (blanc de
noir) com influência por um clima mediterrânico continental e marítima, a colheita é realizada manualmente em caixas individuais. Fermentação lenta com temperatura controlada até 15ºC, durante 40 dias. Estágio sobre borras finas com battônage ligeira.
 
Syrah By Julia Kemper Biodinâmico 2012 (entre R$322,91 a R$379,90). Passa por estágio curto em carvalho francês de 4º uso para afinamento dos taninos e microoxigenação preservando as notas frutadas. O sabor é redondo e macio e o que se encontra no nariz, explode em boca. Vasto com bom equilíbrio de taninos e uma estrutura característica da variedade de uva. Vai bem com carnes e molhos mais densos.
 
A Vinícola
Localizada na região do Dão, a vinícola foi fundada em 2003. Com produção totalmente biodinâmica e orgânica, os vinhos ganham constantemente prêmios do setor e são elogiados e bem pontuados por críticos renomados, caso do vinho Elpenor que levou Medalha de Ouro pela Jápan Women´s Wine Awards 2018. “Iniciei uma grande aventura, alargando o meu horizonte até ao mundo onde tudo começou: a Natureza", diz Julia Kemper.
Ainda sobre a história, Julia Kemper Wines tem uma ligação secular e de paixão pela região do Dão e é em sua mais nova geração, gerida pela própria Julia, que a produção passa a ganhar maior reconhecimento mundial, principalmente pela filosofia e estilo de produção biodinâmicos. A vinícola também tem uma relação familiar muito estreita com o Brasil.  “Para mim, Anna, trazer Julia Kemper ainda tem um significado especial: é me inspirar numa mulher à frente de seu tempo, empreendedora e corajosa, de personalidade forte, intensa e profunda. E até parece que estou descrevendo um vinho: o Syrah by Julia Kemper”, declara Anna Cruz.
 
Conheça os vinhos Julia Kemper no Brasil:
Importadora Caves Santa Cruz.
Telefone e WhatsApp: (11) 2197-0112
Site: www.cavessantacruz.com.br
Assinar este feed RSS

Banner 468 x 60 px